Freio ABS é melhor que freio convencional

Freio ABS é melhor que freio convencional

O popular freio ABS, sigla em inglês para Antilock Braking Sistem, ou Sistema anti-travamento na tradução literal, é um sistema que exerce controle sobre os freios de um veículo. A diferença existente entre o freio convencional e o freio ABS, é que o segundo conta com um sistema eletrônico que controla e altera a intensidade de frenagem em cada roda para impedir que elas travem.

Ao se deparar com um obstáculo repentino, a primeira reação do motorista é pisar bruscamente no freio. Nos veículos sem sistema de freio ABS as rodas param mas são arrastadas, ocorrendo a chamada derrapagem. Neste momento o motorista não tem mais domínio sobre o veículo. O freio ABS possui um sensor que verifica a pressão em cada roda no momento da frenagem, aliviando aquelas que estejam sendo mais tensionadas, e é por este motivo que não ocorre o travamento.

Comparativo de desempenho Freio ABS x Freios convencionais ao frear um carro a 80km/h

Pista seca

Em pista seca os freios convencionais param o veículo após 45 metros. O freios ABS precisa de 13 metros menos, parando o carro 32 metros após a freada.

Pista Molhada

A pista molhada remete a derrapagens e dificuldades ao frear, e neste tipo de piso os freios convencionais precisam de 53 metros até que o veículo esteja completamente parado. Já o ABS permite ao carro parar em 42,4 metros após a freada. Isso mesmo, em pista molhada o ABS tem melhor desempenho que o freio convencional atuando em pista seca.

Como o sistema de freio ABS sabe quando é a hora de atuar?

O sistema ABS verifica cerca de 20 vezes por segundo a velocidade do carro e a velocidade da roda. Quando a velocidade de rotação do pneu cai muito comparada ao veículo é sinal de que houve uma freada brusca. Neste momento o ABS passa a controlar a frenagem, liberando as rodas mais tensionadas e contendo-as em seguida, de maneira alternada, impedindo o travamento.

Importante: A contenção e liberação das rodas é feita através de bombeamento do fluido de freio, por este motivo o pedal trepida durante a freada brusca. Ao começar a trepidar muitos motoristas têm a impressão de que a roda irá travar, e por isso aliviam a pisada. Aliviar o pedal compromete a frenagem! As rodas não vão travar e o pedal deve ser mantido pressionado até o fim.

Como impedir o travamento das rodas nos freios convencionais?

O que o motorista pode fazer é executar o que o sistema ABS faria, porém de forma mecânica. Pise repetidas vezes no pedal ao invés de pisar uma vez só, esta liberação e contenção repetida das rodas impedirá seu travamento e diminuirá a distância de parada do veículo, além de permitir ao motorista manter o controle do carro.

Leia mais sobre o ABS. Se ainda tiver dúvidas faça contato com a Freios Breque.

 

Procurar peças